Aprocima: Uma pedra na construção do novo cinema angolano

Envie este artigo por email

Desde Fevereiro de 2014, um grupo de profissionais e amantes do Cinema e do Audiovisual vem se reunindo em Luanda, com o intuito de dinamizar actividades em prol das artes cinematográficas em Angola.

APROCIMA Uma pedra na construção  do novo cinema angolano
Francisco Keth e Tomás Ferreira (Walter) Fotografia: Paulino Damião

Um dos propósitos, e que mereceu unanimidade, foi a ideia de se criar uma associação. No dia 16 de Agosto de 2014 procederam à discussão e aprovação dos Estatutos da Associação Angolana de Profissionais de Cinema, Televisão e Audiovisual (APROCIMA), que tem como porta-voz o realizador da Televisão Pública de Angola, Tomás Ferreira “Walter”.
A Comissão Instaladora reúne-se todos os sábados, no quintal da Rádio LAC, a partir das 15 horas.

OBJECTIVOS DA APROCIMA

A APROCIMA tem como fim social:
1 - O desenvolvimento e a promoção da arte cinematográfica, teledramaturgia e audiovisual angolana, bem como a defesa dos direitos e interesses artísticos e técnicos dos profissionais associados;
2 - Promover a formação profissional dos seus membros e da sociedade em geral voltada ao cinema, televisão e audiovisual;
3 - Prestar assessoria às produções nacionais e estrangeiras, realizadas, principalmente, em território nacional;
4 - Divulgar hábitos e costumes nacionais, regionais e locais nas produções cinematográficas, televisivas e audiovisuais angolanas ou realizadas em território angolano;
5 - Cooperar com o Estado e a sociedade civil no estabelecimento e na implementação de políticas de desenvolvimento do Cinema, Televisão e Audiovisual em todas as suas vertentes, visando a paz e a harmonia social;
6 - Desenvolver projectos e acções que visem resolver ou atenuar os numerosos constrangimentos e dificuldades que prejudicam o desenvolvimento harmonioso do cinema nacional;
7 - Pugnar pela criação da indústria e do mercado cinematográfico nacional;
8 - Pugnar pela criação da carteira profissional do cineasta angolano;
9 - Participar em festivais e mostras nacionais e internacionais de cinema;
10 - Cooperar com instituições internacionais congéneres, particularmente da SADC, CPLP, União Africana, PALOP, entre outras, e com as quais Angola tem acordos de cooperação no domínio do cinema, televisão e audiovisual.

MEMBROS
DA COMISSÃO INSTALADORA

Francisco Pedro “Keth” – Documentarista (Coordenador)
Tomás Ferreira “Walter” – Realizador (Porta-Voz)
Asdrúbal Rebelo – Realizador (TPA)
José Nascimento – Engenheiro de Som (Orion)
Zizina Gourgel – Produtora Executiva (Kissama Audiovisuais)
Louro Domingos – Actor
Sérgio Oliveira – Actor e Guionista
Manuel Terramoto – Realizador
Michel Marcos António – Produtor (MMA)
Simão Paulino – Actor/Produtor (MMA)
Olímpio de Sousa – Cartoonista (Olindomar Estúdio)
Óscar Gil – Produtor/Realizador (Óscar Gil Produções)

Comentários

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos