Carlos Conceição estreia “Serpentário” no Fórum do Festival de Berlim

Envie este artigo por email

O filme “Serpentário”, primeira longa-metragem de Carlos Conceição, vai ter a sua estreia mundial na secção Fórum do festival de Berlim que terá lugar de 7 a 17 de Fevereiro naquela cidade alemã.



Contreiras, em primeiro plano, o palco com o actor (João Arrais)

O filme “Serpentário”, primeira longa-metragem de Carlos Conceição, vai ter a sua estreia mundial na secção Fórum do festival de Berlim que terá lugar de 7 a 17 de Fevereiro naquela cidade alemã.
O filme “Serpentário”, primeira longa-metragem de Carlos Conceição, vai ter a sua estreia mundial na secção Fórum do festival de Berlim que terá lugar de 7 a 17 de Fevereiro naquela cidade alemã. Este é também o primeiro filme assinado pela recém formada produtora Mirabilis de António Gonçalves e Carlos Conceição.
“Serpentário”, uma co-produção luso-angolana, segue um rapaz que vagueia por uma paisagem africana pós-catástrofe em busca do fantasma da sua mãe e é protagonizado por João Arrais, contando ainda com a participação de Isabel Abreu (voz). É um filme emocional e muito pessoal sobre a memória, uma jornada sensorial de redescoberta que se vai transmutando entre a incursão autobiográfica do realizador em África - onde nasceu e viveu até aos seus 21 anos - e episódios da própria história de África. A propósito do filme, Carlos Conceição revela: "Quando voltei para filmar o Serpentário, as memórias tinham se tornado filmes na minha cabeça. A guerra tinha sido um rito de passagem entre a ligação perdida com a História e a reinvenção das suas texturas e cores. O passado tornou-se uma aventura, um western, um filme-catástrofe, conforme observava o meu eu mais jovem a acertar contas com uma terra que o traiu de volta.”
Carlos Conceição (5 de Agosto de 1979, Angola) não é um estreante em festivais de renome: em 2014, o realizador viu a sua quarta curta-metragem "Boa Noite Cinderela" apresentada na Semana da Crítica do Festival de Cannes, e “Versailles” apresentado na competição de Locarno em 2013. Fabien Gaffez, ex-programador da Semana da Crítica de Cannes, referiu-se a ele como “um dos mais interessantes jovens realizadores, explorando os seus filmes num estilo elegante, romântico, barroco e subversivo”. Em 2017, Carlos Conceição voltou a Cannes para apresentar a curta-metragem “Coelho Mau”, uma co-produção luso-francesa.
A estreia de “Serpentário” confirma mais uma vez o talento do jovem realizador colocando-o novamente na rota dos mais importantes e influentes festivais de cinema. A secção Fórum da Berlinale defende uma reflexão sobre o cinema, sobre o discurso socio-artístico. A sua programação visa expandir a definição de filme, testar os limites da convenção e abrir novas perspectivas para a compreensão do cinema e da sua relação com o mundo.

Nota biográfica

Carlos Conceição nasceu a 5 de Agosto de 1979, no Chiulo, Cunene, província mais a Sul de Angola. É licenciado em cinema pela Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa (2006) e em Inglês, com especialização em literatura do Romantismo (2002).
Inicia carreira em 2005 com videoclips musicais, video-art e instalações, ao mesmo tempo que trabalha com realizadores veteranos entre os quais João Canijo, João Pedro Rodrigues e José Fonseca e Costa. Os seus filme BOA NOITE CINDERELA e COELHO MAU tiveram estreia na Semana da Crítica do Festival de Cannes em 2014 e 2017 respectivamente, enquanto VERSAILLES competiu em Locarno, Vila do Conde e Mar Del Plata em 2013.Foi protagonista, em Dezembro de 2014, de uma retrospectiva na Cinemateca Francesa em Paris, seguindo-se em 2015 a edição DVD do seu trabalho em curta-metragem.

Filmografia como realizador

Longas-metragens
2019 - Serpentário (Cor, HD, 83 min) - com João Arrais, Isabel Abreu. Filme estreado no Berlinale Forum do Festival de Berlim.
Curtas-metragens
2017 - Coelho Mau (Cor, HD, 33 min) - com João Arrais, Júlia Palha, Matthieu Charneau e Carla Maciel. Filme nomeado para a Queer Palm no Festival de Cannes; Prémio Sophia da Academia Portuguesa de Cinema em Melhor Curta Metragem de Ficção; Menção Especial do Juri no Queer Lisboa 2018.
2015 - Acorda, Leviatã (Cor, 16mm, 18 min) - com João Arrais
2014 - Boa Noite Cinderela (Cor, HD, 30 min) - com João Cajuda, Joana de Verona e David Cabecinha. Prémio 'Cristian Nemescu' de Melhor Realizador noNexT Film Festival, Roménia (2015); Prémio TAP para melhor média-metragem portuguesa (Curtas Vila do Conde, 2014);
2013 - Versailles (Cor, HD, 20 min) - com Isabel Ruth e João Arrais. Prémio da Crítica no Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira, 2013.
2011 - O Inferno (Cor, HD, 20 min) - com Ricardo de Sá, Gonçalo Waddington, Maria Albergaria, Maria Leite e Martim Barbeiro.
2010 - Carne (Cor, HD, 20 min) - com Anabela Moreira, Carloto Cotta, Ricardo de Sá, Eduardo Moreira e Eduardo Sobral. Prémio Novo Talento Fnac noIndieLisboa, 2010.
Video[editar | editar código-fonte]
2014 - "Segredo de Matar" - web-filme musical para um tema dos Mundo Cão (banda), com Anabela Moreira e João Arrais.
2010 - "Temporária" - video-instalação em duas projecções, com Simone de Oliveira.
2009 - "Ordena Que Te Ame" - videoclip para os Mundo Cão (banda).
2008 - Duas Aranhas (Cor, HD, 9 min) - curta-metragem com Oceana Basílio e Filipa Braga Cruz.
2008 - O Meu Alien (Cor, HD, 30 min) - com Gonçalo Teixeira, Pedro Barroso, Leonor Seixas, Joana Duarte e uma aparição especial dos Pop Dell'Arte, que também contribuem para a banda sonora. Filme por finalizar.
2007 - "Criminal" - Video experimental construído a partir de uma gravação da voz de Vincent Price. Seleccionado em 2008 para a Mostra do Programa Jovens Criadores.
2007 - "Lady Godiva's Operation" - videoclip para os Pop Dell'Arte, de um tema dos Velvet Underground. Seleccionado em 2007 para a Mostra do Programa Jovens Criadores.
2006 - "Super-Homem" - video experimental com João Cajuda, Filipa Braga Cruz, Bruno Huca, Christopher Murphy e Bernardo Almeida.

Comentários

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos