Guizef expõe Kizuata ya ixi yetu

Envie este artigo por email

No Memorial Dr. António Agostinho Neto


Guizef expõe Kizuata ya ixi yetu
Guizef à frente de uma das suas obras expostas Fotografia: Paulino Damião

O artista plástico angolano Guizef voltou a chamar a atenção na cena artística das artes plástica de Luanda com Kizuata ya ixi yetu (vestir da nossa terra), exposição individual aberta ao público no dia 1 de Outubro no Memorial Dr. António Agostinho Neto e encerrada no dia 11 do referido mês. São mais de uma dezena de obras que exploram os vários momentos do universo feminino, realçando-lhe as formas, desabotoando os seus sorrisos e colorindo-lhes a alma, mostrando-nos da “Preta Formosa” à “Cozinheira Vaidosa”.
“O seu excelente desenho fixa-se nos rostos da mulher, na própria mulher, nas mãos, nos dentes, e nos adornos da mulher. Ele expõe ao público a mulher mas sem maldade. Oxalá fosse sempre assim incessante entre os humanos”, detalha o artista plástico Van no texto de apresentação da exposição. E continua: “Pintura algo prazenteira, envolvente. Uma arte despreocupada com o brilhantismo. Uma pintura baça, carregada de magia realista, quer no estilo como nas imagens, que a torna endógena e universal”.
Do seu enquadramento e influências de artistas angolanos de mão cheia e cujas obras são hoje protótipos para novos caminhos da arte plástica angolana, refere que “sente-se nele uma reentrada dos seus antecessores das artes angolanas como que uma continuidade desses clássicos, apesar de não nos lembrarmos desses artistas já falecidos em datas aproximadas da época em que Guizef nascia. Nomes como Roberto Silva, Carlos Ferreira e Neves e Sousa, apenas citar alguns.”
Contudo, numa comparação sintética aos seus contemporâneos, Van o distingue como sendo diferente. E explica: “Deixa-se envolver nos estilos e técnicas conservadoras, mas questiona-os com incursões de técnicas contemporâneas. E é também interessante porque revela-se conhecedor daquilo que muitos evitam: a anatomia humana e artística”.

Comentários

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos