Mayembe, Pureza escultural antropoplástica

Envie este artigo por email

Este talento original irá influenciar, sem dúvida, amplamente e de forma sustentável a técnica escultórica do país.

 

Mayembe, Pureza escultural antropoplástica

A característica principal a reter das obras esculpidas que nos apresenta o incomparável Mestre, em madeira ou modelando a argila, uma leve pátina de pintura a óleo ou esmalte, ou não, João Domingos Mayembe fixa o seu estilo, reafirmando a sublimidade da espécie humana, no cumprimento da sua mais acabada elegância, a da femina, na sua afeição mais terna, a do casal, e na sua proteção mais reconfortante, a da maternidade.

O intérprete define, também, na sua singular montagem em espiral, a potência de masculus, nos seus atos vigorosos e no seu olhar cerrado.

Essa graciosidade, as mãos prodigiosas do pós-artesão do Triângulo "solongo" traduz-se na pingente e sedutora torção, e nos inevitáveis adornos, pingentes de ouro , conchas duplas. A cabeleira, elemento essencial, é feita com delicadeza e galanteria.

O conjunto é constituído de obras de arte saídas de uma técnica ousada e duma liberdade de dimensões sem precedentes na escultura angolana contemporânea. Este talento original irá influenciar, sem dúvida, amplamente e de forma sustentável a técnica escultórica do país.



Comentários

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos