• ADRIANO MIXINGE

    Adriano Mixinge (Luanda, 1968)


    Depois de ter passado dez anos como Conselheiro Cultural na Embaixada de Angola em França, desde 2011 desempenha as mesmas funções em Espanha. Autor do romance Tanda (Edições Chá de Caxinde. Luanda, 2006) e do livro de ensaios "Made in Angola: arte contemporânea, artistas e debates" (Editions L`harmattan. Paris, 2009).

    Tem textos publicados em revistas como Museum International e Médianes (França), Gestión + cultura e Lápiz (Espanha), Angolê (Portugal), Journal (Fundação do Príncipe Claus da Holanda), Coartnews (Bélgica/África do Sul), Metamorfose (Brasil) bem como no livro Anthologie de L'Art Africain du XXéme Siècle (Revue Noire, Paris 2001), no catálogo da exposição "El Juego Africano de lo Contemporâneo" (A Coruña, 2008) e, também, uma entrevista no livro Fault Lines (Iniva.

    Londres, 2002). Em 1993 obteve a Licenciatura em História de Arte pela Universidade de Havana (Cuba). Entre 1993/95 foi investigador no Museu Nacional de Antropologia, docente de História de Arte e de Metodologia de Ensino das Artes Plásticas no Instituto Nacional de Formação Artística e Cultural -INFAC-, em Luanda (Angola).


Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos