• JOSÉ LUANDINO VIEIRA

    José Luandino Vieira é o pseudónimo literário do escritor angolano José Vieira Mateus da Graça (nascido a 4 de Maio de 1935).


    José Luandino Vieira contava apenas 29 anos, quando a Sociedade Portuguesa de Escritores lhe atribuiu o Grande Prémio de Novelística.

    O escritor encontra-se em longa prisão no Tarrafal. Começou a sua atividade literária em O Estudante, órgão dos alunos do Liceu Salvador Correia. De 1957 a 1960 apareceu integrado numa camada de novos escritores angolanos que elaboraram "CULTURA", jornal literário da Sociedade Cultural de Angola.

    Aí se encontram poemas, contos, ilustrações com a sua assinatura. Em 1960 publica o seu livro de estreia A Cidade e a Infância, tendo publicado depois Duas Histórias de Pequenos Burgueses (1961) e Luuanda (1964), que lhe valeu o Grande Prémio. Detido pela PIDE, pela primeira vez em 1959, foi um dos acusados do Processo dos 50, acabando condenado a catorze anos de prisão, em 1961.

    Luandino Vieira cumpriu a pena de prisão no Campo do Tarrafal, em Cabo Verde, regressando a Portugal em 1972, com residência vigiada em Lisboa. Em 2006 foi-lhe atribuído o Prémio Camões, o maior galardão literário da língua portuguesa. Luandino recusou o prémio alegando, segundo um comunicado de imprensa, «motivos íntimos e pessoais». "A sua obra, importantíssima, foi precursora da literatura angolana e tem raízes na terra e na cultura do país", afirmou José Saramago.

    Obras publicadas:

    Contos
    A cidade e a infância (Contos), 1957; 1986
    Duas histórias de pequenos burgueses (Contos), 1961
    Luuanda(Contos), 1963; 2004
    Vidas novas (Contos), 1968; 1997
    Velhas histórias (Contos), 1974; 2006
    Duas histórias (Contos), 1974
    No antigamente, na vida (Contos), 1974; 2005
    Macandumba (Contos), 1978; 2005
    Lourentinho, Dona Antónia de Sousa Neto & eu(Contos), 1981; 1989
    História da baciazinha de Quitaba (Conto), 1986

    Novela

    A vida verdadeira de Domingos Xavier, 1961; 2003
    João Vêncio. Os seus amores, 1979; 2004

    Romance

    Nosso Musseque (Romance), 2003
    Nós, os do Makulusu (Romance), 1974; 2004
    O livro dos rios, 1º vol. da trilogia De rios velhos e guerrilheiros (Romance), 2006
    Infanto-juvenil
    A guerra dos fazedores de chuva com os caçadores de nuvens. Guerra para crianças
    (Infanto-juvenil), 2006

    Tradução

    A Clockwork Orange (Laranja Mecânica) de Anthony Burgess, 1973

    Outras

    Kapapa: pássaros e peixes, 1998
    À espera do luar, 1998

    Prémios

    Grande Prémio de Novelística da Sociedade Portuguesa de Escritores (Prémio Camilo Castelo Branco) (1965)
    Prémio Sociedade Cultural de Angola (1961),
    Casa dos Estudantes do Império - Lisboa (1963)
    Prémio Mota Veiga (1963)
    Associação de Naturais de Angola (1963).
    Prémio Camões (2006)

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos