A carta da arte

Envie este artigo por email

Expressões do ser, da alma, da arte.

A carta da arte
A carta da arte

Pintura abstracta, marcante, gritante...
A libertação do artista.
O rompimento com a arte.
A difusão de uma arte além da arte.
O belo versus o horror.
O espanto conduzido pelo encanto.
Em traços criativos a busca da imortalização do novo.
Pra libertar é necessário desafiar.
Não existe padrão, métrica, forma para construir a arte.
A arte não é uma invenção, é uma criação inspirada pelos contextos e intertextos que nos circundam.
Atitude é a técnica que profundamente descreve a arte.
A arte que nasce e se imortaliza na tela, no rosto, na vida, na alma.
Dhiogo José Caetano

Comentários

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos