História triste que não devia acabar bem

Envie este artigo por email

E foi então que Deus

HISTÓRIA TRISTE QUE NÃO DEVIA ACABAR BEM
HISTÓRIA TRISTE QUE NÃO DEVIA ACABAR BEM

Se condoeu dos homens
que eram pecadores,
e lhes mandou Jesus,
Seu filho muito amado,
que foi mal recebido,
cuspido e insultado
— indo parar à cruz
p’ra ser cruxificado.
Um crime reprovável,
horrendo, abominável
e de bradar ao Céu,
que conseguiu irar
até o próprio Deus.
Foi nessa sexta-feira da Paixão,
que todos nós, os homens,
revelámos
o tamanho da nossa ingratidão,
tão grande, tão infame
que não mereceria
qualquer absolvição.
Ou talvez não,
porque Jesus,
morto na cruz,
que foi chagado
sobre o Seu lado,
não obstante
o que passou,
o que sofreu,
o que penou
— rogou ao Pai
outro perdão...

Inácio Rebelo de Andrade

Comentários

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos