Conselho de administração da Academia de Letras

Envie este artigo por email

Plano de acção 2016-2020

Conselho de administração da Academia de Letras
Tomada de posse de Almerindo Jaka Jamba a membro do Conselho de Administração da AAL

• Administração,
Finanças e Património
1.Elaborar a proposta de orçamento para o biénio 2016-2017 a ser submetida à aprovação da Assembleia Geral Extraordinária da AAL.
2.Criar condições materiais para a instalação da AAL na sua sede provisória.
2.Encetar contactos com instituições públicas e privadas tendo em vista a obtenção de apoios para aquisição de um imóvel destinado a sede da AAL.
3.Criar a Comissão Ad-Hoc que se ocupará da atribuição de nomes às cadeiras vitalícias e definição dos critérios para a sua ocupação.
4.Negociar com empresas públicas e privadas que venham a ser propostas como membros beneméritos da AAL.
5.Iniciar diligências com instituições competentes do Executivo para aquisição do estatuto de utilidade pública.
6. Elaborar Regulamentos de Funcionamento da AAL.

• Investigação Científica
1.Criar a Comissão Ad-Hoc que se vai encarregar da abertura do concurso curricular para a composição do Conselho Científico da AAL.
2.Designar os candidatos admitidos no âmbito do concurso realizado para a composição do Conselho Científico da AAL.
3. Elaborar o plano de investigação científica da AAL
4.Criar Comissões de Trabalho tendo em vista a realização dos seguintes projectos:
a)Estudos sobre a Variedade Angolana do Português;
b)História da Literatura Angolana;
c)Vocabulários Temáticos e Terminologia das Línguas Nacionais.
5. Apresentar a posição da AAL sobre o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

• Actividades Culturais
1.Assinar acordos de colaboração com os Ministérios da Educação e Ensino Superior.
2.Promover palestras e conferências em colaboração com escolas do ensino secundário e universidades.
3.Promover cursos de Introdução ao Conhecimento da Cultura Angolana destinado a estrangeiros e público interessado.
4.Realizar um colóquio internacional sobre o Ensino da Literatura Angolana e a Formação do Cânone Literário em Angola.

• Publicações e Comunicação
1.Editar obras fac-similadas e reeditar obras clássicas de autores do século XIX e XX.
2.Instituir prémios e concursos para a divulgação da Literatura Angolana, das Línguas Nacionais e Estudos Sociais angolanos.
3.Publicar o boletim da AAL.
4.Negociar com as estações de rádio e televisão para a criação de programas específicos de divulgação e abordagem científica da Literatura Angolana, das Línguas Nacionais, da Língua Portuguesa e dos Estudos Sociais angolanos.

• Relações Internacionais
1.Realizar diligências junto das Embaixadas e Missões Diplomáticas acreditadas em Angola tendo em conta necessidade de divulgar a visão e objectivos da AAL.
2.Desenvolver acções de cooperação internacional com Academias de Letras de outros países.
3.Estabelecer contactos com a Academia de Ciências de Lisboa, a Academia Sul-Africana para Ciência e Arte e a Academia Ganense de Artes e Ciências de modo a interceder a favor da AAL para efeitos de admissão na União Académica Internacional (UAI) como membro efectivo.
4.Integrar a AAL na União Académica Internacional (UAI), por ocasião da sua 89ª Assembleia Geral, que terá lugar no Japão em Outubro de 2017.

ÓRGÃOS SOCIAIS DA AAL
ASSEMBLEIA GERAL

1- Presidente da Mesa da Assembleia Geral - Pepetela
2- Vice - Presidente da Mesa da Assembleia Geral - João Melo
3- Secretário da Mesa da Assembleia Geral - José Luís Mendonça

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

1 - Presidente -  Boaventura Cardoso
2 - Vice-Presidente - Luís Kandjimbo
3 - Vogal - Rosário Marcelino

CONSELHO CIENTÍFICO

1 - Presidente - Paulo de Carvalho

CONSELHO FISCAL

1 - Presidente - Henrique Guerra
2 - Secretário - Almerindo Jaka Jamba
3 - Relator  - António Quino

Comentários

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos