Mawutokoji ma Dizwi Dya Kimbundu Curiosidades da Língua Kimbundu

Envie este artigo por email

Sobre a síliba tónica dos verbos em kimbundu

Mawutokoji ma dizwi dya kimbundu
Ilustração de Manuel Ventura

Numa aula de iniciação à língua Kimbundu, o professor alertara que as línguas nacionais deviam ser escritas sem acentos. Instado a pronunciar-se sobre o caminho a seguir, Kitumba, aluno e chefe de turma, sugeriu que tinha uma ideia de como caçar ou definir a sílaba tónica de alguns verbos em Kimbundu. Sob os apupos dos que o tinham em mau lugar nessa disciplina, levantou-se e começou a expôr o que a mente lhe ia dizendo. – Sr. Prof. Gastão, caros colegas. Quero começar, afirmando que:

Se numa recta orientada considerarmos K= cardinal das sílabas de um verbo, teremos: …(k-n), … (k-3), (k-2), (k-1), (K). Assim, se a sílaba tónica for a última, o acento tónico situa-se em Y=K-1. Será Y=K-2 se a sílaba tónica for a antepenúltima e Y= (k-n) se a sílaba tónica situar-se no infinito. Se atendermos que a sílaba tónica de qualquer INFINITIVO da língua Kimbundu, em geral, é a penúltima sílaba, teremos, genéricamente falando, a sílaba tónica em Y=K-1 com K»2; K«8 (dada a raridade da existência de palavras com mais de 8 sílabas em Kimbundu, onde kujimbulukidila=7 sílabas) como das expressões com maior número de sílabas dos verbos da língua Kimbundu.

O CASO DE UM VERBO DISSILÁBICO

Seja o verbo KUTA (pôr, colocar,…), onde a sílaba tónica se acha em Y=K, última sílaba, ou seja: … (k-3), (k-2), (k-1), (K). A conjugação na Forma Afirmativa, demonstra que o Presente do indicativo tem a sua sílaba tónica em: Y=K na 1ª. Pess. Sing. Ngita (ponho). Y= (K-1) na 2ª. E 3ª. Pess. Sing.Uta (pões/ põe). Y= (K-1) na 1ª. Pess. Pl. Tuta (pomos). Y= (K-1) na 2ª. Pess. Pl. Nuta (pondes). Y= (K-1) na 3ª. Pess. Pl. Ata (põem). Se a sua conjugação negativa tiver o seguinte formato, Y= (K-1) está na 1ª. Pess. Sing. Ngitami (não ponho). Y= (K-1) está na 2ª. Pess. Sing. Kute (não pões). Y= (K) está na 3ª. Pess. Sing. kate (não põe). Y= (K-1) está na 1ª. Pess. Pl. Tutetu (não pomos). 2ª. Pess. Pl. Nutenu (não pondes). Y= (K-1) está na 3ª. Pess. Pl. Kata (não põem).
Futuro (Forma Afirmativa): 1ª. Pess. Sing. Ngondota (porei, Y=k-1). 2ª. Pess. Sing. Wondota ( porás/ hás-de pôr). 3ª. Pess. Sing. Wondota – porá. 1ª. Pess. Pl. Twondota (poremos/ havemos de pôr). 2ª. Pess. Pl. Nwondota (poreis. 3ª. Pess. Pl. Andota – porão.
Futuro (Forma Negativa): 1ª. Pess. Sing. Ngondotami ( não hei-de porei), (Y=k-1). 2ª. Pess. Sing. kwondote – não hás-de pôr. 3ª. Pess. Sing. Kandote (não há-de pôr), Y=K. 1ª. Pess. Pl. Twondotetu (não havemos de pôr), Y=k-1. 2ª. Pess. Pl. Nwondotenu – não haveis de pôr, (Y=K-1). 3ª. Pess. Pl. Kandota (não hão-de pôr), (Y=K).
Pretérito Mais Que Perfeito (forma Afirmativa): 1ª. Pess. Sing. Ngatele (pusera/ tinha posto) (Y=k-1). 2ª. Pess. Sing. Watele – puseras/ tinhas posto) (Y=k-1). 3ª. Pess. Sing. Watele (pusera/ tinha posto). 1ª. Pess. Pl. Twatele (puséramos/ tínhamos posto) (Y=k-1). 2ª. Pess. Pl. Nwatele – puséreis/ tínheis posto. (Y=k-1). 3ª. Pess. Pl. Atele (puseram/tinham posto) (Y=k-1).
Na sua forma reflexa, o Futuro do Verbo Pôr-se=KUDITA, faz deslocar a sua sílaba tónica na última sílaba, ou seja: 1ª. Pess. Sing. Ngondodita (pôr-me-ei). 2ª. E 3ª. Pess. Sing. Wondodita (pôr-te-ás/ pôr-se-á). 1ª. Pess. Pl. Twondodita (pôr-nos-emos). 2ª. Pess. Pl. Nwondodita (pôr-vos-eis). 3ª. Pess. Pl. Andodita (pôr-se-ão). Deste modo, poder-se-á afirmar que pelo menos neste tempo verbal, o acento tónico situa-se na última sílaba, ou seja, de: (K-n), ….(k-3), (k-2), (k-1), (K), vem Y=K.
Grande parte dos verbos da Língua Kimbundu, tem a sua sílaba tónica na penúltima sílaba, o que significa dizer que se o número de sílabas for representado por Y=K, com K»1, a sílaba tónica está em (Y= K-1). Na análise da conjugação de qualquer verbo, em todos os seus tempos verbais da Forma afirmativa, Y=K-1 está sempre presente. Exceptuando eventuais casos onde a sílaba tónica se ache na antepenúltima sílaba, teríamos Y=K-2, ou seja: … (k-3), (k-2), (k-1), (K).

SEJA O VERBO FALAR (KUZWELA)

Assim, como exemplo, consideremos o VERBO FALAR, pronunciar, dizer, afirmar,…(KUZWELA). Presente do Indicativo: 1ª. Pess. Sing. Ngizwela (falo).2ª. E 3ª. Pess. Sing. Uzwela (falas/fala). 1ª. Pess. Pl. Tuzwela (falamos) . 2ª. Pess. Pl. Nuzwela (falais). 3ª. Pess. Pl. Azwela (falam). Em síntese para a análise da sílba tónica do Presente do Indicativo, na sua Forma Afirmativa, situa-se em Y=K-1, ou seja: … (k-3), (k-2), (k-1), (K).
Na Forma Negativa vem: 1ª. Pess. Sing. Ngizwelami (não falo). 2ª. Pess. Sing. Kuzwele (não falas). 3ª. Pess. Sing. Kazwele. 1ª. Pess. Pl. Tuzweletu (não falamos). 2ª. Pess. Pl. Nuzwelenu (não falais). 3ª. Pess. Pl. Kazwela (não falam). Na Forma Negativa do Presente do Indicativo, a sílaba tónica varia de posição, tal como se segue:

Na 1ª. Pessoa do Singular; na 1ª. E 2ª. Pessoa do Plural a sílaba tónica está situada em Y=K-1, ou seja, na penúltima sílaba. (k-3), (k-2), (k-1), (K). Na 2ª. E 3ª Pessoa do Singular o acento tónico está situado na última sílaba ou seja está em Y=K. … (k-3), (k-2), (k-1), (K).

Na 2ª. E 3ª. Pessoa do singular a sílaba tónica está situada em Y=K, com K»1, ou seja, o acento tónico situa-se na última sílaba. (k-3), (k-2), (k-1), (K). Na 1ª. E 2ª. Pess. Pl., a sílaba tónica está situada em Y= K-1, ou seja: (k-3), (k-2), (k-1), (K). Na 3ª. Pess. Pl. , a sílaba tónica está situada em Y= K, ou seja: (k-3), (k-2), (k-1), (K). Se se antepuser KI para a determinação do verbo na forma negativa, (a parte referente ao verbo mantém-se em Y=K-1.
Se a condição para a negação na Conjugação Negativa do Presente do Indicativo for a anteposição de KI (1ª. Pess. Sing. ki ngizwela – não falo; 2ª. E 3ª. Pess. Sing. ki uzwela – não falas/ não fala; 1ª. Pess. Pl. ki tuzwela – não falamos; 2ª. Pess. Pl. ki nuzwela – não falais; 3ª. Pess. Pl. ki azwela – não falam) , a sílaba tónica desta conjugação, situa-se em Y=K-1, ou seja, (k-3), (k-2), (k-1), (K).
A abdicação de KI como condição para a negação, resulta numa deslocação da sílaba tónica que varia entre (Y=K-1) e (Y=K) com K igual ao número de sílabas, ou seja: 1ª. Pess. Sing. Ngizwelami. 2ª. Pess. Sing. Kuzwele. 3ª. Pess. Sing. Kazwele. 1ª. Pess. Pl. Tuzweletu (não falamos). 2ª. Pess. Pl. Nuzwelenu (não falais). 3ª. Pess. Pl. Kazwela (não falam).

PRETÉRITO PERFEITO. (AFIRMATIVA). A SÍLABA TÓNICA

1ª. Pess. Sing. Ngazwela (falei). 2ª. E 3ª. Pess. Sing. Wazwela (falaste/falou). 1ª. Pess. Pl. Twazwela (falamos). 2ª. Pess. Pl. Nwazwela (falastes). 3ª. Pess. Pl. Azwela (falaram). Aqui, em Y=K-1, está a sílaba tónica.

PRETÉRITO PERFEITO. (NEGATIVA). A SÍLABA TÓNICA

1ª. Pess. Sing. Ki ngazwela/ ngazwelami (não falei). 2ª. Pess. Sing. Ki wazwela/kwazwele (não falaste). 3ª. Pess. Sing. Ki wazwela/kazwele (não falou). 1ª. Pess. Pl. Ki twazwela/ twazweletu (não falamos). 2ª. Pess. Pl. Ki nwazwela/nwazwelenu (não falastes). 3ª. Pess. Pl. Ki azwela/ kazwela (não falaram). A sílaba tónica varia de (Y=K-1) a Y=K. na 1ª pessoa situa-se na penúltima sílaba, então Y=K-1. Na 2ª. Pessoa situa-se em Y=K-1 e Y=K, ou seja, pode ser penúltima com KI a antepôr-se à conjugação, e também última sem KI.

PRETÉRITO MAIS-QUE –PERFEITO. AFIRMATIVA. SÍLABA TÓNICA

1ª. Pess. Sing. Ngazwelele (falara/ tinha falado). 2ª. E 3ª. Pess. Sing. Wazwelele (tinhas/ tinha falado/falaras/ falara). 1ª. Pess. Pl. Twazwelele (tínhamos falado/ falaramos). 2ª. Pess. Pl. Nwazwelele (tínheis falado/ falaram). 3ª. Pess. Pl. Azwelele (tinham falado/ falaram). Vê-se, então que na forma afirmativa do Pretérito Mais-Que-Perfeito, o acento tónico está posicionado na penúltima sílaba, ou seja, está em Y=K-1, segundo o sistema de coordenadas cartesianas, convenhamos, ou seja, (K-n), ….(k-3), (k-2), (k-1), (K).

PRETÉRITO MAIS-QUE –PERFEITO. NEGATIVA. SÍLABA TÓNICA

1ª. Pess. Sing. Ki ngazwelele/ ngazwelelyami: Y=K-1. (não tinha falado/ não falara). 2ª. Pess. Sing. Ki wazwelele/ kwazwelelye: Y=K-1/ Y=K. (não falaras/ não tinhas falado). 3ª. Pess. Sing. Ki wazwelele/ kazwelelye: Y=K-1/ Y=K. (não falara/ não tinha falado). 1ª. Pess. Pl. Ki twazwelele/ twazwelelyetu (não faláramos/ não tínhamos falado). 2ª. Pess. Pl. Ki nwazwelele/ nwazwelelyenu (não tínheis falado/ não faláreis). 3ª. Pess. Pl. Ki azwelele/ kazwelelya: Y=K-1/ Y=K. (não tinham falado/ não falaram).

PRESENTE DO CONJUNTIVO. AFIRMATIVA. SÍLABA TÓNICA

1ª. Pess. Sing. Nda ngizwele (que eu fale). 2ª. E 3ª. Pess. Sing. Nda uzwele (que fales/que fale). 1ª. Pess. Pl. Nda tuzwele (para que falemos). 2ª. Pess. Pl. Nda nuzwele (para que faleis). 3ª. Pess. Pl. Nda azwele (para que falem). No Presente do Conjuntivo, na sua forma afirmativa, o acento tónico situa-se na penúltima sílaba. Logo, y=K-1, é o seu lugar.

PRESENTE DO CONJUNTIVO. NEGATIVA. SÍLABA TÓNICA

1ª. Pess. Sing. Nda ngilembwe kuzwela (que eu não fale). 2ª. E 3ª. Pess. Sing. Nda ulembwe kuzwela (que não fales/que não fale). 1ª. Pess. Pl. Nda tulembwe kuzwela (para que não falemos). 2ª. Pess. Pl. Nda nulembwe kuzwela (para que não faleis). 3ª. Pess. Pl. Nda kazwele (para que não falem). No Presente do Conjuntivo, na sua forma negativa, o acento tónico pode situa-se na penúltima sílaba. Logo, y=K-1, é o seu lugar.

CONDICIONAL. AFIRMATIVA. SÍLABA TÓNICA


1ª. Pess. Sing. Ngonzozwela (falaria). 2ª. E 3ª. Pess. Sing. Wonzozwela (falarias/falaria). 1ª. Pess. Pl. Tonzozwela (falaríamos). 2ª. Pess. Pl. Nwonzozwela (falaríeis). 3ª. Pess. Pl. Anzozwela (falariam). Aqui, a sílaba tónica reside em Y=K-1.

CONDICIONAL. NEGATIVA. SÍLABA TÓNICA

1ª. Pess. Sing. Ngonzozwelami (não falaria) Y=K-1.. 2ª. Pess. Sing. Kwonzozwele (não falarias) Y=K. 3ª. Pess. Sing. Kanzozwele (não falaria) Y=K. 1ª. Pess. Pl. Tonzozweletu (não falaríamos) Y=K-1.. 2ª. Pess. Pl. Nwonzozwelenu (não falaríeis) Y=K-1.. 3ª. Pess. Pl. Kanzozwela (não falariam) Y=K.

Faltavam cinco minutos para a aula terminar e o prof. Gastão, agradecendo o esforço do aluno tentar definir aspectos ligados à compreensão do lugar da sílaba tónica na língua kimbundu, alertou que o seguimento do tema teria lugar na próxima aula, pedindo que se preparassem para o efeito.
MÁRIO PEREIRA

Comentários

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos