Poemas de Francisco Rebello

Envie este artigo por email

Da viagem em que eu chegar vou-te compensar

DA VIAGEM EM QUE EU CHEGAR

a solidão dos dias
Vou-te saciar
a fome das tuas noites
Vou pagar
cada minuto que perdemos
Beijar cada ponto do teu corpo
Cada palavra
Cada pensamento
E sonhos e esperanças
E a vida vai brotar de novo
Como a Primavera em nossas almas

AMOR DOS PEQUENOS GESTOS

É nos pequenos gestos
Nas mínimas acções
Que o amor é manifesto
E pleno de atenções
É no olhar presente
Na quotidiana devoção
Que o amor se sente
Que se descobre o coração
Não é no olhar distante
Mas na intenção
Que a qualquer instante
Do gesto sabemos a razão
São mínimos rasgos
Quase sem expressão
Olhares serenos como afagos
Verdade sem senão.

BAR DOCE BAR

Bar doce bar
É o nome do lar em que me sinto
Do lugar sem nome em que me sento
O bar que me faz voar
Onde em cachoeira ferve o absinto
Onde o tempo corre com o vento
Lar doce lar
É o nome do bar em que me acolho
Onde sinto o conforto assaz
O lar que me faz parar
Como ave que descansa
E que enfim encontra paz

QUALQUER DIA É BOM PARA TE VER

Sexta terça quarta, quinta
Hoje que dia é da semana ?
São sempre dias de festa
Os dias em que te vejo
Perco a hora perco a data
Só teu nome nunca esqueço
Os dias todos conheço
Apenas quando tu estás
O tempo que por mim passa
Só o sei se tem teu rosto

TEU CORPO É A MINHA MESA

Teu corpo é a minha mesa
Teu amor o meu festim
Descubro sempre em surpresa
O que Deus fez para mim
A ventura traz-me o vento
Muito mais que a merecida
Sou feliz há muito tempo
Tanto quanto dura a vida
Espanto a tua beleza
E de me amares assim
Nada na vida me pesa
Se estiveres ao pé de mim.

DÉDALO DO ENCANTO

Escrevo versos no teu corpo
Corro-te a boca a carne
Ponto a ponto
Canto a canto
Persigo-te a mão as formas
O dédalo do encanto
E renovo as mesmas rotas
Sentindo o primeiro espanto
És vela do meu navio
És navio da minha armada
Do teu mar eu sou o rio
Da tua voz enseada
Roubo-te franco a língua
Esmago-te assaz o peito
E então que já sou nada
Entro-te o rumo estreito



Comentários

Newsletter


Colabore com o Jornal Cultura - Envie-nos os artigos da sua autoria.

Colaboradores Ver todos